Meu Perfil
BRASIL, Nordeste, ALTOS, CENTRO, Homem, de 36 a 45 anos, Portuguese, English, Livros, Cinema e vídeo, Arte e Cultura
MSN -



Histórico


Votação
 Dê uma nota para meu blog


Outros sites
 BLOG BANDA LARGA - 180 GRAUS
 UOL - O melhor conteúdo
 GIOVANA MANZOLI
 BLOG DO NOBLAT
 GENETON MORAES NETO
 BLOG NOTÍCIAS BOMBÁSTICAS
 BLOG DO NOBLAT
 Rádio Teresina FM


 
Blog do Toni Rodrigues


O coronelismo high tech


O coronelismo high-tech tem poucas diferenças em relação aos velhos métodos instituídos na época da Velha República. Os eleitores eram mantidos em "currais" e conduzidos às urnas, no dia da votação, como se fossem "gado". O que mudou? Temos hoje a sociedade tecnológica. Os computadores permitiram o surgimento da internet que por sua vez encurtou distâncias geográficas mas distanciou o ser humano naquilo que ele poderia ter de mais valoroso -- o contato com o próximo que lhe permite aprendizado constante. Os novos coroneis adoram esse distanciamento porque assim ficamos impossibilitados de questionar suas práticas condenáveis. Os novos "santinhos" são os cartões magnéticos dos programas sociais. Mas, e quanto ao nome, número e foto do candidato?

Na época dos coroneis, os eleitores eram tratados como gado. Na sua maioria, viviam em fazendas que pertenciam, em grande parte, a um único dono. Aquele proprietário era dono da terra e do voto dos seus moradores. Os eleitores recebiam "santinhos", que eram cartazes em miniatura com a foto e o número do candidato. Os "santinhos" eram levados para a urna porque os analfabetos precisavam "pescar" o nome ou número do indicado por seus coroneis. Imaginávamos que esta época fora extinta. Menos verdade. Persiste mais firme do que nunca. Agora, temos o coronelismo high-tech. Os novos coroneis estão no poder. Travestem-se de modernistas e libertários. São como aqueles fazendeiros de antigamente. E os novos "santinhos"? Um pouco de calma e os conheceremos.

O "santinho" moderno, como afirmamos há pouco, são os cartões magnéticos de programas sociais. Seus recebedores são beneficiários de recursos a fundo perdido que simulam tirá-los da miséria e colocá-los em um novo patamar social. Nada de novo. Somente velhas promessas aprimoradas pelo conhecimento científico da comunicação de massa. O cartão-santinho se vale da propaganda subliminar. Na televisão, no rádio, nos jornais, nas ruas, praças e avenidas (através de outdoors), para onde nos viramos lá está a marca que nos induz a pensar que vivemos num país de todos. A repetição fixa na memória coletiva a ideia de democracia. De que temos direito de escolha. A marca do governo está impressa nos cartões. Para quem quiser ver. Um autêntico "santinho" das antigas. Como esquecer?!

A associação entre o governante e os programas sociais levam a grande maioria da população a entender que estão recebendo um grande favor e que suas vidas passam a depender exclusivamente desta ação governamental. Caso decidam pensar e agir por si próprios poderão ser excluídos da relação de beneficiários. E assim, como irão continuar vivendo, não é mesmo?! O Nordeste, sob as gestões do século XXI, tem sido tratado desta maneira, à moda antiga, num retorno ao tempo do coronelismo, só que agora renovado pela aplicação da moderna tecnologia. Não estão de fora nem mesmo os herdeiros dos antigos coroneis, e eles se sentem muito bem em serem “tocados” pelos atuais detentores do poder, que encontraram, de fato, “uma fórmula mágica”.

Especialistas entendem que a única política do governo em relação a esta região é eleitoral. O coronelismo high tech faz pressão a longa distância por meio de cartão magnético, mostrando que alguns poucos reais na conta de quem nada tinha, nem mesmo uma conta, são motivo suficiente para determinar o surgimento de uma nova realidade de atrelamento ao poder.



Escrito por Toni Rodrigues às 06h09
[] [envie esta mensagem] []



CONVERSA DE JORNALISTA

ANÚNCIO DE "PANCADÃO" COMO CANDIDATO A PREFEITO GERA POLÊMICA ENTRE PARTIDÁRIOS DO DR. FONSECA

 

O PREFEITO DE ALTOS JOSÉ BATISTA FONSECA ACABA DE ANUNCIAR SEU CANDIDATO A PREFEITO PARA AS ELEIÇÕES DE OUTUBRO. TRATA-SE DO VEREADOR ADAILDO RODRIGUES (PANCADÃO), DO PSB, ELEITO COM A PROPOSTA DE REVITALIZAR OS “PANCADÕES” E ACABAR COM A LEI DO SILÊNCIO NO MUNICÍPIO. FELIZMENTE, NÃO CONSEGUIU. O PREFEITO DISSE QUE O VEREADOR E PRESIDENTE DA CÂMARA, LUIS CARLOS, QUE ERA ANTERIORMENTE COTADO COMO CANDIDATO A PREFEITO, PODE, SE QUISER, ASSUMIR A VAGA DE VICE. LUIS CARLOS E SEU GRUPO NÃO ACEITARAM A PROPOSTA DO CHEFE DO EXECUTIVO E ESTÃO BUSCANDO GUARIDA EM OUTROS GRUPOS. OCORRE QUE OS DEMAIS CANDIDATOS A PREFEITO JÁ CONTAM COM SEUS VICES DEFINIDOS – ESPEDITO PACIFICO (PTB) TERÁ COMO COMPANHEIRO DE CHAPA O DELEGADO PAULO PIRES (PC DO B) E PATRÍCIA LEAL (PPS) APRESENTARÁ O PETISTA MANOEL RODRIGUES COMO CANDIDATO A VICE.



Escrito por Toni Rodrigues às 16h37
[] [envie esta mensagem] []



ENTREVISTA - ELMANO FERRER

Prefeito fala sobre obras e diz que está pronto para a disputa eleitoral

 

O prefeito Elmano Ferrer (PTB) concedeu entrevista na manhã desta quinta-feira (31) ao programa Revista da Manhã, da Rádio Teresina FM, apresentado por Toni Rodrigues e com comentários de Pires de Sabóia.

Na oportunidade, tratou sobre política e administração pública. Disse que está realizando mais asfaltamento e calçamento que todos os seus antecessores.

Todo o conjunto da obra nestes segmentos totaliza em torno de 300 km, o que dá quase a distância entre Teresina e Parnaíba.

O prefeito disse ainda que está pronto para a disputa eleitoral de outubro e acredita piamente no apoio do PT.

Ele se recusou em tocar no nome do deputado Firmino Filho (PSDB), que aparece como seu principal adversário, mas sugeriu que ele tenha ido em seu gabinete, na prefeitura, para dizer que deveria realizar apenas pequenas obras.

“Estou fazendo obras grandes e pequenas”, acentuou.

Segundo ele, o projeto Lagoas do Norte tem mais de 50% realizado sob sua administração e está sendo feita nova licitação para contratar o sistema de drenagem da zona leste de Teresina mediante a desistência da empresa Delta Construções, implicada no escândalo de Carlinhos Cachoeira. 

O prefeito afirmou que está pronto para a disputa eleitoral e que é um candidato competitivo.



Escrito por Toni Rodrigues às 09h41
[] [envie esta mensagem] []



MOVIMENTO

 

 

Comunidade altoense se mobiliza na luta por aeroporto 

 

O MAA (Movimento dos Amigos de Altos) realiza neste sábado (02) uma audiência pública a partir das 9h30min no auditório do Centro Pastoral “Monsenhor Luiz Brasileiro”, no centro da cidade.

O objetivo é discutir a possibilidade de construção de aeroporto na região da Grande Teresina, de acordo com recursos alocados pelo deputado federal Júlio César Lima ao PPA (Plano Plurianual de Investimentos) do governo federal na ordem de R$ 500 milhões.

Os recursos serão destinados a construção de um novo aeroporto na região. Altoenses integrantes do Movimento esperam que o aeroporto seja construído naquele município.

Fazem parte do MAA, o jornalista Toni Rodrigues, a professora Pedrina Rodrigues, o juiz José Olindo Gil Barbosa, a assistente judicial Ângela Rosendo Gil Barbosa, o advogado Marcondes Gomes de Araújo, a cantora Fátima Castelo Branco, a cantora Fátima Castelo Branco, o delegado Paulo Pires, o sindicalista Adonias Higino de Sousa, o economista Clóvis Raulino, dentre outros.

O governo do estado determinou a realização de estudo de viabilidade na zona rural sul do município de Teresina. O Movimento quer que semelhante estudo seja realizado também em Altos.

Sabemos da determinação do governo do estado para que seja construído um novo aeroporto”, afirma José Olindo Gil Barbosa. “Sabemos também da determinação da prefeitura de Teresina em não mais fazer qualquer desapropriação na zona norte da capital visando ampliação do atual.”

Prossegue: “Sabemos também que nosso município possui as condições ideais para a implementação de tal obra. Por isso, vamos coletar assinaturas para encaminhar requerimento ao governador do estado no sentido de que seja feito um estudo de viabilidade também em nosso município.

 

 



Escrito por Toni Rodrigues às 16h02
[] [envie esta mensagem] []



ANÁLISE / LEGISLATIVO ALTOENSE

Vereadores devem ser responsabilizados juntamente com prefeito Dr. Fonseca pelos desmandos da administração pública altoense

 

Muitos condenam apenas o prefeito de Altos pelos problemas que enfrentamos em nosso município. Mas esta responsabilidade deve ser compartilhada com os vereadores, que deveriam fiscalizar e não fiscalizar, que deveriam apresentar projetos e não apresentam, que deveriam propor leis boas e não propõem. Em Altos temos parlamentares que nunca apresentaram um único projeto, que nunca fizeram um único pronunciamento sério. Isso é compromisso com a sociedade?! Claro que não. Isso é compromisso pessoal, consigo mesmo, e sabemos que a política não é a arte de servir-se e sim o compromisso de servir à comunidade.

Confira a relação dos vereadores que estiveram na maior parte ao lado do prefeito e apoiando os seus desmandos:

 

- LUÍS CARLOS FÉLIX DE LIRA (PSD)

- CHIQUINHO CATARINO (PSB)

- VALDENE PASSOS (PSB)

- ADAILDO RODRIGUES “PANCADÃO” (PSB)

- ANTONIO RIBEIRO PAIVA (PTB)

- JOSÉ ERNANDO (PT)

- BRUNO SINDÔ (PRTB)

 

Atuaram na oposição os vereadores:

 

- CARLOS AUGUSTO CAVALCANTE (PDT)

- ORLANDO SILVA FILHO (PRB)

 

Claro que existem as exceções. Mas a regra infelizmente é esta: a maioria dos parlamentares fechou os olhos para os desmandos do prefeito e até se beneficiou destes “mal feitos”. Acredito que haverá mudança porque essa é uma exigência da população, de que a classe política seja composta por pessoas sérias, honradas, que tenham alcançado sucesso profissional e que agora queiram se dedicar ao serviço público para engrandecer o município e sua gente. Para contribuir e participar das transformações sócio-econômicas e culturais. 



Escrito por Toni Rodrigues às 15h43
[] [envie esta mensagem] []



IRREGULARIDADE

 

 

Exclusivo. Inauguração de estrada no Novo Caititu é usada para lembrar eleição

 

Estimados leitores. Acabo de receber um vídeo sobre a inauguração da estrada rural do Novo Caituti, na região norte do município de Altos. Nele, aparecem várias autoridades municipais e um promotor de Justiça. O fato aconteceu em 16 de outubro de 2011.

Um senhor, cuja identidade não é revelada no vídeo, mas que se apresenta como membro da localidade, faz um pronunciamento. Prestem bem atenção porque se trata de inauguração de obra pública, portanto, com recursos públicos. O homem fala e agradece ao prefeito Dr. José Batista Fonseca. Não deixa de introduzir o famoso ingrediente político-eleitoral. E pede a união de todos porque “ano que vem é ano de eleição.”

Ele disse o seguinte: “... agradecer a todos que nos deram apoio, ao sr. Secretário Roberlândio Albuquerque, também se empenhou, e pedir a todas as autoridades aqui presentes, em nome dessa comunidade, em nome dos altoenses, próximo ano é ano de eleição. Vamos nos unir, vamos nos juntar, vamos dar as mãos, e vamos lutar em prol do desenvolvimento do município de Altos, do Piauí... é isso que nós precisamos...”

Interessante observar que Roberlândio Albuquerque foi secretário municipal de Transportes por quase quatro anos e deixou para fazer a obra apenas bem próximo de se desligar para apresentar-se como possível candidato a vereador do esquema governista no município.

O prefeito fala em seguida. Demonstra, em seu discurso, que a área é de influência do secretário Roberlândio Albuquerque, pré-candidato a vereador nas próximas eleições. Dr. Fonseca afirma: “Aí o Roberlândio estava para cá, começou um... um... um ‘enterlaçamento’, aí conhece todo mundo...”

Em síntese, a obra aconteceu apenas porque “Roberlândio conhece todo mundo” naquela localidade. Roberlândio é possível candidato a vereador pelo esquema da prefeitura. O prefeito tratou ainda sobre queda de recursos. “Isso impede que a gente faça muita coisa que gente precisa fazer para melhorar a vida do nosso povo do interior.”

Segundo ele, a estrada do Novo Caititu vai beneficiar, ainda, as localidades Quilombo, Sete Buritis, Jatobá, dentre outras. “Estamos nesta dificuldade... Temos uma promessa muito grande do governador Wilson Martins, que está está ajeitando a máquina do estado para ajudar o município de Altos.”

No futuro, promete fazer a estrada para a localidade Água Boa. Em seu pronunciamento, diante de dezenas de pessoas, o prefeito não deixa de enaltecer as presenças dos vereadores Luís Carlos, presidente da Câmara Municipal, e Adaildo Pancadão, ambos, na época, pré-candidatos à prefeitura pelo esquema da situação. Ele não cita o nome do promotor de Justiça que o olha atentamente e que parece por demais integrado ao evento. Ele gostaria de ser indicado candidato a prefeito com apoio de Dr. Fonseca.

Luís Carlos teria sido recentemente descartado da condição de pré-candidato.

A prefeitura nega as acusações de uso político da inauguração. O prefeito afirma que tem trabalhado de forma incansável pelo desenvolvimento do município e que não aceita insinuações sobre seu desempenho.

 

CLIQUE AQUI E ACESSE O VÍDEO

 

 



Escrito por Toni Rodrigues às 20h30
[] [envie esta mensagem] []



DENÚNCIA

Jesus Pinheiro e Fonseca Júnior fazem provas de concurso para prefeitura municipal de Altos

 

Denúncia. O secretário municipal de Administração, Francisco de Jesus Pinheiro, participoui de concurso público realizado pela prefeitura municipal de Altos. Ele concorreu ao cargo de procurador do município e fez a prova na sala 4 da Unidade Escolar Afonso Mafrense. O filho do prefeito, José Batista Fonseca Júnior, também participou do concurso. Ele concorreu ao cargo de fisioterapeuta, para a qual só existe uma vaga. Fez a prova na sala 7 da Unidade Escolar Afonso Mafrense, de acordo com a relação divulgada pelo Instituto Machado de Assis. Muitos candidatos denunciaram irregularidades na aplicação das provas. Na Unidade Escolar Hugo Napoleão, no bairro São Luís, os fiscais teriam deixado as salas por vários minutos. Os candidatos ficaram sozinhos. Na Unidade Mário Escolar Raulino, a aplicação das provas no turno da manhã teria começado com relativo atraso. O Ministério Público do Estado ingressou na Justiça pedindo anulação do concurso. Candidatos entendem que Jesus Pinheiro e Fonseca Júnior não poderiam fazer as provas. Os dois exercem cargos de confiança na prefeitura. Um deles é filho do prefeito e ocupou, pelo menos até recentemente, o cargo de secretário municipal de Meio Ambiente. Para grande parte dos candidatos o concurso é de cartas marcadas. A aprovação de ambos estaria garantida mesmo que não tenham condições de ser aprovados. 


CLIQUE E ACESSE A RELAÇÃO GERAL DE CANDIDATOS




Escrito por Toni Rodrigues às 13h53
[] [envie esta mensagem] []



ALTOS

Prefeitura coloca piçarra na avenida 12 de outubro às vésperas de mais uma eleição municipal

 

A prefeitura de Altos anunciou na semana passada o asfaltamento da avenida 12 de outubro, uma das principais do município, mas até agora não houve qualquer movimentação para instalação do canteiro de obras.

A mesma obra havia sido anunciada em 2008 durante a campanha reeleitoral do atual prefeito José Batista Fonseca (PSB). A Emgerpi teria mandado R$ 616 mil para o asfaltamento que não aconteceu.

Ao deixar a presidência da empresa, em maio de 2009, a administradora Lucile Moura prestou contas de que teria aplicado 80% dos recursos destinados ao asfaltamento da 12 de Outubro, o que equivale a R$ 492,8 mil.

Como o dinheiro não foi aplicado, a oposição suspeita de que tenha sido desviado para ser investido na campanha de Dr. Fonseca, como é mais conhecido o prefeito.

Nesta segunda-feira (28), por volta das 12h10min, o jornalista Toni Rodrigues percorreu toda avenida em questão para mostrar principalmente a colocação de piçarra ao invés do asfaltamento prometido.

Na condição de vereador, em 2010, o jornalista pediu esclarecimentos ao prefeito sobre a destinação dos recursos, o que nunca foi feito. Pediu também ao Ministério Público a instauração de procedimento investigatório para saber o que de fato foi feito com quase meio milhão de reais.

 

CLIQUE AQUI PARA ACESSAR O VÍDEO



Escrito por Toni Rodrigues às 12h58
[] [envie esta mensagem] []




[ página principal ] [ ver mensagens anteriores ]